É na fé, onde cabe a falta de controlo

Esta semana enviei a mensagem que partilho hoje contigo a uma amiga para a ajudar a olhar as circunstâncias de outro ponto de vista e lhe dar força por ter passado uma semana menos fácil com a doença de uma familiar muito próxima, a sua mãe.


A verdade é que todos nós de alguma forma estamos sujeitos a poder passar por circunstâncias semelhantes, viver a doença na vida de quem mais amamos, e quando isso acontece podemos ser assaltados por sentimentos de medo e insegurança e a tomada de consciência que na verdade controlamos apenas parte do que nos acontece na vida.

Todos estamos nesta jornada, como a minha amiga, e ainda que possamos preparar-nos com a aprendizagem e treino de palavras poderosas, ferramentas de mudanças de pensamentos, aplicação da gratidão à vida e reconhecimento do nosso livre arbítrio, na forma como escolhemos olhar para as situações que passamos, existem coisas que não podemos controlar e por isso a necessidade de aprender e aceitar para conseguir lidar com isso, com os desafios da vida.


Mas como?! Como podemos aceitar o que não podemos efetivamente controlar? Como podemos viver felizes enquanto passamos pela tribulação?

A minha resposta é fé. É na fé onde cabe o que não podemos controlar.

Sabes, Deus na sua verdade não prometeu revelar-nos todas as respostas nem tão pouco monitorar os nossos passos a cada segundo. Ele nunca disse que controlaria a nossa vida, pelo contrário deu-nos em amor o livre-arbítrio, sim a liberdade até para o escolher ou não, para escolher ter fé ou não.


Deus não disse na bíblia, a sua palavra, que passaríamos pela vida sem nenhum momento de dor, mas prometeu (e é sua promessa) que sempre estaríamos acompanhados. Ele entregou o seu filho por nós e na cruz provou-nos que o seu compromisso connosco é real e que vai além de quantas adversidades e sofrimentos vamos conhecer e enfrentar na vida, em todos eles sempre podemos e poderemos contar com o seu amor, em todos os momentos da nossa vida.


O que disse à minha amiga e te digo a ti, que eventualmente possas estar a passar pelo mesmo, é que esta circunstância pode ter uma  parte positiva, se é que conseguimos encontrar partes positivas no que acontece a quem mais amamos. Depois da sua partilha comigo eu encontrei o facto dela se ter lembrado da fé da sua mãe e poder ver essa fé na forma como Deus cuidou de cada detalhe do seu socorro, as pessoas que usou para a ajudarem e por ter sido porto seguro na aflição. E mais, também pela oportunidade da minha amiga ter aprendindo ou lembrado a sua necessidade de controlo e que essa necessidade é um dos seus gatilhos, um dos pilares da sua segurança. Este tempo pode servir para colocarmos a nossa fé noutro pilar, Jesus, e para nos prepararmos para próximos desafios, que eventualmente vão acontecer.


Transformar desafios em aprendizagem: O que vou fazer da próxima vez quando sentir que perdi o controlo?! Sim porque haverão mais momentos destes, a vida toda. E na vida de cada um de nós.


É na fé, onde cabe a falta de controlo

Espero que esta partilha possa servir a tua vida. Se fez sentido para ti escreve nos comentários.

Excelente semana!


#fé #bagagem #ajuda #necessidade #seguranca #controlo #bíblia

5 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo