Em que pensamos durante e após os desafios da vida?

O QUE LHE PASSOU PELA CABEÇA DURANTE A FINAL?

"Foi uma competição em que só pensei em dar tudo, deixar tudo, dar o meu melhor. Foi uma prova em que foi batido o recorde olímpico, foi duro, mas só pensei em dar o meu melhor em saltar. Não quero chorar mais. Só quero agradecer a toda a gente. Fazer parte da equipa dos 15 metros... Isto é estúpido, mas uma pessoa lembra-se de como começa.

Disseram-me que era muito pequena, não tinha perfil de triplo salto e agora sou vice-campeã olímpica, tenho a segunda melhor marca do mundo. Estou a tentar ganhar consciência.

Quero agradecer a todos os que estão aí em casa e que isto sirva de inspiração, porque isto não é só talento, é trabalho, se acreditares mesmo que consegues. Neste momento, só quero ver o meu treinador [José Uva], acho que também deveria estar no pódio comigo, é a pessoa que me viu a correr na escolinha, em nova, que viu em mim algo de especial. Quero falar com a minha família.

Muito obrigada a Portugal, somos pequenos, mas somos grandes!"


Estas foram algumas das palavras de Patrícia Mamona, a atleta que brilhou na final do triplo salto e que conquistou a medalha de prata onde bateu o recorde nacional.


O que podemos "ler" nas palavras de Patrícia Mamona?


*Frustração pelas palavras que escutou relativamente ao seu sonho, de crítica e desmotivação, em vez de inspiração e motivação, e que pela carga emocional guardou na sua mente e coração até hoje e a levou a verbalizar no momento da vitória. A forma como somos "marcados" muitas vezes para a vida pode condicionar as nossas escolhas e o destino da nossa vida.


* A referência à importância do talento e tão ou mais importante o treino. "São cinco anos a trabalhar para este momento, 20 anos no triplo salto."


*A importância da intencionalidade e foco, em saber o que se quer (metas a alcançar) e acreditar que é capaz (autoconceito positivo).


*Capacidade de resiliência e gratidão. Reconhecer a importância de quem esteve presente durante o processo. E acreditar, ainda que...


*Importância dos professores, família e pessoas de referência na nossa vida. E aqui refiro particularmente o impacto das palavras e ações como inspiração e influência na construção da nossa história. Na vida da Patrícia serviram talvez de inspiração e garra como contradição às vozes falantes... o valor do treinador e outras pessoas como suporte. Ainda assim percebemos o quão importantes terão sido as de impacto negativo, principalmente na infância, pela sua referência no momento de sucesso.


Deixo-nos a reflexão: Quantas Patrícias teremos sido privados de ver "vencer" por terem sido impactadas negativamente pelas palavras dos outros?


E na nossa vida: A que palavras e atitudes temos dado ouvidos e permitido serem impacto na nossa vida?




#coachingeducativo #poderdaescolha #poderdaspalavras #poderpessoal #influenciar

16 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo