Parentalidade intencional

"Todos queremos filhos bem-comportados."


Esta é uma das frases que mais ouço.

E afinal, O QUE SÃO FILHOS BEM-COMPORTADOS?


Será que o que queremos dizer com esta afirmação é que queremos que os nossos filhos pareçam ser bem-comportados aos olhos dos outros?


Ou será que queremos dizer que desejamos construir, a partir de nós próprios, tamanha conexão com os nossos filhos que os leve a viver felizes e por isso respeitosos nas suas escolhas e comportamentos?


Ou...


Bem-comportados... Significa...


Será que pode significar sem birras, em obediência, a cumprir as tarefas, arrumar o quarto, ter boas notas, aceitar as regras em silêncio ou pode significar dizer “por favor” e “obrigado” nas alturas apropriadas?


A melhor forma de semear valor e influenciar o curso da vida dos nossos filhos é sendo presentes diariamente. Usar cada momento para conversar e amá-los tanto nos erros como nas vitórias. Ajudá-los a aprender que quem somos é independente das nossas atitudes.


É igualmente importante que os nossos filhos aprendam a ler a Bíblia e a ouvir o Espírito Santo por si próprios. Para gerar este valor estou a ler a Bíblia com o meu filho, num objectivo que se tornou nosso.


E para ti, qual é o teu propósito maior na tua parentalidade?

Quando pensas no teu filho, o que mais queres que aconteça?

Qual é a frase que mais repetes quando partilhas sobre o teu filho(a)?

Como está a vossa conexão /relação?

Se pudesses mudar algo, o que seria?









#amor #conexao #disciplina #seguranca #filhos #aprendizagem #parentalidade #familia #coachingeducativo #processoscoaching #coachingparental

4 visualizações0 comentário